x
Este site utiliza cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Saiba mais
Home Homepage

Blog - Soluções de saúde e bem estar

Promessa da Marcha atlética procura soluções na ortoprotesia




Vera Portela, de 20 anos, iniciou-se no atletismo em salto em altura, mas uma lesão obrigou-a a fazer uma incursão noutras modalidades. Depois de experimentar o lançamento do dardo, viu uma amiga a marchar e resolveu experimentar. Passados apenas dois anos é Campeã distrital de 3 000 m e no ano passado conquistou o bronze no campeonato nacional sub 23, só superada por Mara Ribeiro (1º Lugar) e Mariana Mota (2º Lugar), ambas atletas do Sport Lisboa e Benfica

 

Apenas a iniciar o terceiro ano de prática, tem o objetivo de se tornar atleta profissional. Segundo o treinador, a sua assimilação da técnica e aprendizagem tem sido verdadeiramente rápida e o facto de se ter iniciado mais tarde, do que a maioria dos atletas, pode trazer-lhe vantagens, pois preservou-a do desgaste a que um atleta de alto rendimento está sujeito.

 

Esta promessa da marcha atlética almeja marchar fora de Portugal, participar em campeonatos europeus e internacionais. António Freire, treinador e ex-atleta, dedica-se, hoje, a tempo inteiro a formar e treinar jovens atletas. Refere os que movimentos técnicos da marcha como o apoio do calcanhar, o desenrolar do pé e o avanço da bacia são exigentes. E que a prática requer muita concentração para o cumprimento das suas regras: o contacto permanente com o solo e a extensão da perna de apoio desde o primeiro contacto com o solo até à posição vertical. A não observância destes movimentos pode levar à desclassificação. 

 

Na procura de soluções para proteger a sua integridade física e potenciar os resultados, Vera e António procuraram a avaliação baropodométrica.

 

Bernardo Gomes, ortoprotésico da Gameiros material clinico considera que “o desporto de alta competição tende a ser pouco saudável pois obriga os atletas a levarem o seu corpo ao extremo (...) Para alcançarem os seus objetivos de forma rápida alguns atletas não só exageraram na intensidade de treino como também encurtam o tempo que seria necessário para recuperação, o que resulta num aumento exponencial do risco de lesão.

 

A marcha atlética em particular, é uma modalidade em que os movimentos executados por não serem iguais à marcha fisiológicas exigem esforços redobrados de determinadas estruturas como os joelhos, ancas ou até mesmo dos próprios pés. É portanto imperativo o acompanhamento clínico e a avaliação constante dos praticantes para que se possa minimizar o risco de lesão e igualmente aumentar a sua performance sempre de forma saudável.”

 


 

                                                                                                                                                                     

   siga-nos no facebook:

                    

 

Onde Estamos

 

Rua da Sismaria, Lote 26
Zona Industrial Cova das Faias
 ZICOFA , 2415 - 809 Leiria

 

Tel:  +351 244 860 360
Fax:  +351 244 860 369

Paypal © 2017 GAMEIROS - Todos os direitos reservados. - COMSOFTWEB Powered by LV Engine |